10.3.09

Um novo amor

Desde que me avisaram da sua existência tenho pensado em escrever algo para postar aqui no blog, mas temo me precipitar. Fiquei entre o êxtase da felicidade plena em receber você e o desespero da responsabilidade que significa a sua vinda. Temo não ser forte o bastante - fisicamente e/ou emocionalmente - para conseguir enfrentar esse novo desafio em minha vida. Mas quando começo a pensar nos prós e contras, percebo que tudo mudou, que os prós sempre vencem. Agora tem você e não posso titubear. Minha vida tornou-se a sua vida. Meus caminhos estão todos completamente voltados para o seu futuro...
Sei que ainda é uma fase de fragilidade, sei que preciso aguardar mais um pouco, sei que tudo pode não ser definitivo (Eu, sim, posso dizer que sei). Mas não tenho como ignorar sua pequena e, ao mesmo tempo, tão grandiosa existência.
Deus me deu uma segunda chance e quando recebemos uma missão tão divina quanto gerar um bebê em nosso ventre temos que agradecer com a certeza de que Ele só nos presenteou com essa missão porque sabe da capacidade que cada ser humano tem em superar desafios.

Você já é meu eterno amor.

No tempo certo, o tempo de Deus, todas as maravilhas são alcançadas.
Sou grata. Amém.

4 comentários:

Maurício Melo disse...

Eu digo!

Josemberg disse...

Linda mensagem irmã, e essa vida agora é a nossa vida.bjo do titio pra mamãe!!

Anônimo disse...

Todo o pensamento positivo pra vcs duas pessoas em uma!
:)

Bjão

Giselle Ponciano

VaNeSsA ;) disse...

É meu eterno amor tbm.
Saudade de vcs irmãos.

beijos p vcs três :)