28.7.05

Elis (Regina) é imortal

Simplesmente, amo Elis...sua voz, suas interpretações, aquele sorriso (quaquaraquaquá) e até mesmo sua eterna chatice...mas amo. Em homenagem a maior intérprete de todos os tempos, uma linda e eterna canção de Francis Rime e Chico Buarque: Atrás da Porta.

"Quando olhaste bem nos olhos meus
E o teu olhar era de adeus
Juro que não acreditei
Eu te estranhei
Me debrucei
Sobre teu corpo e duvidei
E me arrastei e te arranhei
E me agarrei nos teus cabelos
No teu peito (Nos teus pelos)*
Teu pijamaNos teus pés
Ao pé da cama
Sem carinho, sem coberta
No tapete atrás da porta
Reclamei baixinho
Dei pra maldizer o nosso lar
Pra sujar teu nome, te humilhar
E me vingar a qualquer preço
Te adorando pelo avesso
Pra mostrar que inda sou tua
Só pra provar que inda sou tua...

* verso original vetado pela censura

Um comentário:

valter mendonça disse...

Olá Eliz, eu tambem sou fâ da eterna pimentinha ELIS REGINA.Eu amo Elis, suas músicas e sua vida,e sou um fâ que amo amo amo amo amo muito ela, que deixou de ser UMA CANTORA para ser A CANTORA, que morreu como PESSOA, e retornou como uma ESTRELA!!!!!!! lá no meu blog tambem fiz uma singela homenagem ao furacão, a voz, o mito, a luz das estrelas, ou simplismente a Ela! obrigado fuiiiii.passa lá para conferir a homenagem se possível. tchau